Quem é o voluntário

“Voluntário é o ator social e agente de transformação, que presta serviços não remunerados em benefício da comunidade. Doando seu tempo e conhecimentos, realiza um trabalho gerado pela energia de seu impulso solidário, e atende não só as necessidades do próximo, como também aos imperativos de uma causa. O voluntário atende suas próprias motivações pessoais, sejam elas de caráter religioso, cultural, filosófico ou emocional.” (Fundação Abrinq)
________________________________________

  • O bom voluntário tem de preencher alguns quesitos importantes, que são indispensáveis ao seu crescimento na esfera do servir.
  • Nunca escolher tarefas. Procurar desempenhar o que lhe é solicitado da melhor maneira possível, com muita eficiência. Ter amor no que faz e procurar aferir satisfação com os resultados alcançados.
  • Ter orgulho do uniforme que veste, orgulho de ter abraçado uma causa, orgulho de ser representante da entidade onde atua. O voluntário não pode nunca esquecer que sua atividade é de foro íntimo e vem do coração.
  • Levar a sério e a termo todas as tarefas que assumiu, partindo da premissa que a instituição, os atendidos e o Setor como um todo dependem dessa execução.
  • Sentir prazer no que faz, por mais simples e sem importância que possa parecer.
  • O voluntário tem sempre que buscar informações, estar atento aos avisos fixados na sala, para não perder a noção global, da meta a ser atingida, da Missão.
  • O voluntário deve estar muito bem consigo mesmo para ter o que doar aos outros (o atendido, os funcionários, os diretores e os companheiros) e a causa à qual se dedica. Ninguém doa o que não tem. Se o ser humano é composto por três partes: Corpo, Alma e Espírito, somente terá condição de se doar inteiramente quando estas três esferas estiverem em harmonia.