HISTÓRICO DA RFCC

NACIONAL

A história da Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC) iniciou em 1946 sob a coordenação de Carmem Annes Dias Prudente, uma gaúcha, que mudou-se para São Paulo para casar com o recém-formado médico oncologista Antônio Prudente de Morais Filho.

Inspirados em experiências conhecidas durante suas viagens ao exterior, desejavam criar uma instituição nacional voltada exclusivamente ao cuidado do câncer.

Sra. Carmem iniciou a RFCC com oito voluntarias e, pouco a pouco, a participação das mulheres de São Paulo foi tão grande na captação de recursos, que em 1953, foi inaugurado o Hospital de Câncer, hoje conhecido como A.C.CamargoCancer Center. As voluntárias da RFCC também prestavam atendimento assistencial aos pacientes internados e faziam um trabalho educativo de prevenção, principalmente entre as mulheres, incentivando-as a fazerem o exame de Papanicolau.

Sra.Carmem presidiu a entidade desde sua criação até 1989. Sob sua direção, a RFNCC chegou a ter 189 regionais no interior de São Paulo e 16 unidades dos demais estados.

Oficialmente, a RFCC foi criada em uma reunião em Fortaleza/CE, no dia 6 de maio de 1978, sendo eleita presidente a Sra. Carmem Prudente, onde participaram representantes de vários estados.

Dona Carmem ficou à frente da entidade até 1993, quando se afastou por problemas de saúde, vindo a falecer na cidade do Rio de Janeiro em 2001.

Desde então, suas sucessoras tem sido eleitas em Assembleia Nacional das RFCC, para mandatos de 2 anos. Atualmente, preside a entidade Carmen Lúcia Castelo Branco Rocha Campelo, do Piauí.

ESTADUAL

A RFECC de Santa Catarina foi fundada em Florianópolis, em 06 de maio de 1961, pela Sra. Iná Tavares Moelmann, a convite e contando com a presença da Presidente Nacional, Sra. Carmem Prudente e seu esposo.

Durante 32 anos, a Sra. Iná presidiu a entidade Catarinense, percorrendo todo o Estado, fundando 28 regionais, fazendo crescer a entidade e prestando relevante trabalho na prevenção do câncer ginecológico.

Em 1993, por motivos de saúde, a Sra. Iná tornou-se Presidente de Honra e foi eleita à Presidência Estadual a Sra. Sonia Maria Silveira Mastela, que presidiu a entidade até 2004.

Na RFCC Estadual a presidente é escolhida em Assembleia Geral a cada biênio, sendo atualmente o cargo exercido por Sônia Maria Rieg Fischer, da cidade de Brusque. Atualmente a RFECC atua em 63 municípios catarinenses, contando com a colaboração de 3.500 voluntárias.

www.redefemininasc.com.br

MUNICIPAL

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Xanxerê foi fundada no dia 21 de agosto de 1989, pela Presidente Cilda Marchi, com a presença da Presidente Estadual, Sra. Iná Tavares Moelmann, e tendo como Rede-Madrinha a RFCC de São Miguel do Oeste/SC.

Em 2003 foi priorizada a criação de uma sede a fim de prestar apoio efetivo e continuado às mulheres com diagnóstico de câncer, da cidade e região, nas áreas de psicoterapia, fisioterapia e terapia ocupacional.

A sede foi inaugurada em 05 de dezembro de 2003, com o apoio do empresário Luiz Alberto Boni, que cedeu, reformou e até hoje permite a ocupação do imóvel.

A venda do primeiro volume do Livro de Receitas Sabor e Saúde, possibilitou equipar a sede.

Desde então, incontáveis Vitoriosas tem frequentado a entidade, onde recebem todo apoio necessário para enfrentamento da doença e reinserção social.

GALERIA DE PRESIDENTES

1ª. Cilda Marchi (1989 – 1994)

2ª. Silvana Romani (1994 – 1997)

3ª. ElovirOrsatto (1997 – 2003)

4ª. Rita GuazzelliPezzali (2003 – 2011)

5ª. Ana Maria Covatti (2011 – 2013)

6ª. Rita GuazzelliPezzali (2013 – 2019)

7ª. Andréa Carla Gaboardi (2019 – 2021)